A IMPORTÂNCIA DO TRANSPORTADOR NA LOGÍSTICA HOSPITALAR

Posted by: fulltimelogistica Comentários: 0

A Logística farmacêutica é constituída por diversos processos e etapas para que ela atue com propriedade e eficiência. Dentro dos processos, o transportador é o profissional indispensável para que todo o sistema logístico esteja em pleno funcionamento.

A transportadora de medicamentos deve possuir AFE (autorização de funcionamento), alvará sanitário, responsável legal, responsável técnico, elaborar um procedimento operacional padrão e um manual de boas práticas de transporte que sejam compatíveis com as normas e legislações vigentes. Neste caso, o procedimento deve abranger itens como:

· Fluxo de Trabalho;

· Sistemas e gestão de Qualidade definindo responsabilidades e autoridades;

· Controle de Documentos e Registros;

· Registros do Sistema de Qualidade – que garantem sua confidencialidade

· Gestão de frota para o monitoramento dos veículos de forma que ele atue de forma segura

· Controle de Temperatura e Umidade;

· Inspeção;

· Qualificação de Fornecedores;

· Conservação, Limpeza e Manutenção de Equipamentos;

· Treinamento aos colaboradores responsáveis a respeito dos procedimentos de saúde, higiene e vestuário.

Desde sua estruturação como transporte de produtos e insumos, a Logística tem como objetivo organizar, transportar e entrar as mercadorias dentro do prazo estimado até seu destinatário. A tecnologia entrou como aliado para grandes e pequenas empresas do segmento, evidenciando cada vez mais sua importância na vida da população e no seu cotidiano.

A redução de distância entre produtos, fabricante e cliente é primordial para que o transportador atue de forma competente e satisfatória. Esse posicionamento permite que os insumos dentro da logística farmacêutica e hospitalar sejam entregues no local e prazo estabelecido.

O Brasil possui o modal rodoviário como principal rota de transporte. É desafiador ao transportador realizar o trajeto por meio de estradas e ruas sem infraestrutura e segurança.

Para vencer situações como essas, os gestores e transportadores trabalham em conjunto para estabelecer as melhores rotas em regiões estratégicas para realizar todo trajeto com êxito.

ALINHAMENTO COM OS DEPARTAMENTOS

O setor de transporte trabalhará em pleno funcionamento se estiver alinhado com outros departamentos dentro da corporação.

Na logística hospitalar, é obrigatório a presença do profissional farmacêutico responsável para desempenhar o controle da cadeia de distribuição dos produtos. Onde possui a

responsabilidade de orientar toda equipe de distribuição, armazenamento e transporte das normas a serem seguidas pelos órgãos reguladores.

Para manter uma logística hospitalar altamente eficaz, é necessário que a empresa de transporte esteja atualizada com as exigências dos órgãos reguladores, alinhando e repassando o conhecimento para toda equipe atuante.

O profissional capacitado precisar atender com as obrigações para o transporte de medicamentos. Deve conduzir diversas disposições referentes à preparação, como:

· Garantir que todos os produtos são registrados e de empresas autorizadas;

· Acompanhar o cumprimento da legislação sanitária;

· Elaborar rotinas para a limpeza dos veículos e controle das condições ambientais;

· Treinar os colaboradores envolvidos;

· Autorizar ou suspender o transporte de materiais diferentes no mesmo veículo, entre outros.

A integração com o departamento de estoque e a operação visa garantir rapidez e consistência para atender os tamanhos de lotes, gerenciamento e entrega. Existem casos pontuais onde determinados produtos possuem uma janela de tempo curta, onde a entrega demanda de uma prioridade e prazo rápido.

Dentro dos valores, comunicação e orientações, o setor comercial atua como um agregador de informações, que estão ligadas as necessidades dos clientes, exigências, pontualidade, personalização de serviços, e algumas observações importantes relacionadas aos insumos. Dessa forma o desempenho para as entregas se mantém dentro do acordado entre o cliente final e o setor comercial interno.

A empresa que atua no transporte de medicamentos e transporte de materiais biológicos demanda de uma estrutura física bem localizada seguindo as orientações da Anvisa e com profissionais especializados como o farmacêutico logístico, gestor de frota, gestor comercial, motoristas e fiscais e com sistema de monitoramento de carga.

O principal objetivo do transportador e sua equipe é tornar a cadeia de suprimentos o mais eficiente possível, onde foco da equipe seja a identificação de quais são os principais elementos que compõem o transporte e as suas funções dentro de cada setor.

A Full Time é um exemplo disso, todos os colaboradores passam por treinamentos específicos dentro de suas funções para que o trabalho seja exercido de forma conjunta, aliado com a equipe e todos os setores responsáveis, segura e ética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishFrenchPortugueseSpanish
×