Embalagens para UN3373 – Segurança e Integridade no transporte de amostras biológicas

Posted by: fulltimelogistica Comentários: 0

Embalagens para UN3373 – Segurança e Integridade no transporte de amostras biológicas

A organização mundial da saúde (OMS) padronizou as regras de biossegurança no transporte de materiais biológicos. A UN3373 é uma classificação de risco de um determinado tipo de material. As normas entram como regras e diretrizes nacionais e internacionais, onde os governos e as organizações preocupados com a regularização padronizam uma forma mais segura de transporte.

A UN3373 é um número composto por 4 dígitos, que procedem da letra UN, classificado pela OMS, uma forma de classificação internacional de identificação de um determinado tipo de material. A UM 3373pertence a categoria do grupo B, que estão inclusas amostras de materiais biológicos suspeito de conter algum agente infeccioso. Materiais desse tipo necessitam de caixas e embalagens seguras para a realização de sua coleta e transporte.

A categoria B estão incluídas amostras suspeitas de conter agentes infecciosos causadores de doenças em humanos. Ela é a mais comum classificação de risco no transporte de material biológico humano.

A maioria das amostras biológicas de diagnósticos como, por exemplo a doação de sangue, são classificadas nessa categoria, até amostras positivas para HIV e HBV são pertencentes a categoria B. Também é aceita a denominação “espécimes para diagnóstico”.

 

EMBALAGEM PARA AMOSTRAS UN3373

Existe um tipo específico de embalagem para comportar as amostras biológicas, a embalagem deve cumprir com os critérios legais, em acordo com a IS 175-02 e PI 650 (Packing Instruction) para transporte aéreo ou P650 para transporte terrestre.

O sistema de embalagens é constituído pela embalagem primaria, que recebe o material biológico, a secundaria que envolve e contém a primaria e pela terciaria. Este conjunto de embalagens devem seguir os padrões da IS 175-02 E PI 650. Todo material biológico classificado nessa categoria deve ter a informação UN3373 na embalagem externa.

RESISTÊNCIA

A embalagem precisa aguentar uma queda de até 12 metros, e precisa ter em sua parte lateral o selo:

As embalagens também devem conter informações conforme as normas, sendo elas:

  • Identificação completa de remetente;
  • Destinatário e pessoa responsável pelo recebimento;
  • Classificação correta (“substância biológica da categoria B”);
  • Código numérico da ONU (UN 3373);
  • Etiqueta de risco Classe 9 na embalagem externa (caso use gelo seco).
  • Número do laudo de homologação da embalagem.

Importante lembrar que junto da embalagem é necessária a documentação devida para essa categoria: Ct-e para transporte e documentos fiscais com identificação do destinatário, responsável e informações do veículo ou forma de transporte.

A quantidade oferecida de substâncias biológicas por volume deve ser menor que 4,0 L ou 4,0 kg. Esse volume ou massa não inclui o peso da própria embalagem, mas sim de seu conteúdo (a amostra biológica).

Importante ressaltar que as embalagens só podem armazenar amostras se estiverem cumprindo as exigências do INMETRO, ANVISA e ANAC. Precisam passar por testes de queda, perfuração umidade, pressão e empilhamento.

A Full Time possui todas as embalagens homologadas e temos o orgulho em sermos a primeira empresa do nosso ramo a seguir as normas da instrução IS 175-02 da ANAC que visa assegurar embalagens mais seguras e resistentes. Quando se trata de vida, não há meio termo, é preciso trabalhar com o melhor para fornecer integridade e segurança aos clientes.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishFrenchPortugueseSpanish
×