SUPPLY CHAIN – Tudo que você precisa saber sobre a cadeia de suprimentos!

Posted by: fulltimelogistica Comentários: 0

Hoje o termo “Supply Chain” é muito conhecido e mencionado dentro das grandes e pequenas empresas. O sistema tem a definição de uma cadeia de suprimentos onde é organizado a forma como serão efetuadas as atividades, informações, e recursos envolvidos no processo de transportar produtos ou serviços desde o início até o cliente final. Não se trata apenas de efetuar a entrega, mas fazer a gestão de todos os processos para que a logística funcione de forma eficaz e de qualidade.

Garantir a satisfação total do cliente, atendendo no menor tempo possível, focando na redução de custos e aumento na qualidade, é necessário que as informações entre todos os setores sejam claras e objetivas, para poderem estar alinhados em atender com qualidade os consumidores. Hoje em dia, Supply Chain conta com a participação dos setores mais estratégicos (e não apenas operacionais), como Compras, Marketing, Armazenamento e RH.

A comunicação precisa ser ESTRUTURADA + ORGANIZADA + PLANEJADA+ EFICIENTE Por que ela é necessária? O Supply Chain é fundamental para a eliminação de custos desnecessários, otimize melhor o tempo, analise falhas e efetue as correções necessárias para satisfazer as necessidades dos clientes.

A logística padrão atua apenas no transporte e armazenamento, mas o Supply Chain preocupa-se com TODAS AS ETAPAS E PROCESSOS, esse é o grande diferencial. Para iniciar uma boa gestão com o Supply Chain é preciso entender as demandas, níveis de serviços requeridos pelo cliente e sua distância, custos envolvidos, entre outros pontos relevantes.

Veja abaixo partes de processos que compõe o sistema da cadeia de suprimentos:

1 – PRODUÇÃO

Focar na necessidade do cliente e demanda de mercado. Sem isso não há venda.

2 – FORNECEDOR

Definir quem serão os fornecedores e que forma ele irá atuar dentro da estrutura, sua função, a entrega, qualidade do produto oferecido e flexibilidade de produção.

3 – ESTOQUE

Organização, equilíbrio e segurança precisam estar totalmente controlado pelo responsável do setor.

4 – LOCALIZAÇÃO

Determinar a localização de cada etapa do Supply Chain é importante, pois influencia a logística e em quanto tempo o produto ou serviço chagará até o cliente.

5 – TRANSPORTE

Tipos de transporte que atenderão as necessidades.

6 – INFORMAÇÃO

Ouvir os clientes e todos os envolvidos no processo.

7 – EQUIPE ALINHADA

Toda equipe precisa estar alinhada e engajada no processo. Por meio de um sistema de gestão integrada, a tecnologia se mostra eficiente no gerenciamento.

Atender com precisão as demandas do mercado é o que diferencia uma empresa com um sistema de gestão simples com uma empresa que atribui o Supply Chain em sua estrutura empresarial. Empresas que implementaram o sistema Supply Chain tem uma redução de 15% nos custos gerais e possuem um fluxo de caixa 3 vezes maior. Empresas que desejam almejar um mercado mais amplo com mais economia, otimização de tempo e qualidade, opta por implementar a cadeia de suprimentos em sua corporação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishFrenchPortugueseSpanish
×